JORNALISTA HJ

Jornalista é morto a tiros em Santo Antônio do Descoberto

O jornalista João Miranda do Carmo, de 54 anos, foi morto a tiros na noite desse domingo (24), em Santo Antônio do Descoberto, Região Metropolitana do Distrito Federal. As informações são do jornal O Popular.

Segundo amigos da vítima, João estava em sua residência quando quatro homens armados o chamaram até o portão. O jornalista foi recebido com mais de 20 tiros e pelo menos seis deles o atingiram no peito. Os criminosos teriam fugido em um carro, com um Fiat Palio vermelho dando cobertura.

João Miranda era dono do site S.A.D sem Censura, que cobria a cidade. O portal trazia muitas denúncias políticas, assim como a página pessoal do jornalista. O prefeito da cidade, Itamar Lemes do Prado, também era bastante criticado.

Testemunha do crime, um enteado de João disse ter ouvido os disparos pouco antes de chegar à casa do padrasto. O jornalista tinha registrado queixas por ameaça na delegacia da cidade.

Sindicato e Fenaj divulgam nota conjunta

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Goiás e a Federação Nacional dos Jornalistas lamentam o brutal assassinato do jornalista João Miranda do Carmo, ocorrido neste domingo em Santo Antônio do Descoberto, e espera que as autoridades cumpram com o seu dever de esclarecer as circunstâncias, punindo os responsáveis com o rigor da lei.

Responsável pelo blog “SAD Sem Censura” com denúncias locais, João Miranda era também dirigente do PCdoB. As entidades representativas dos jornalistas em Goiás e no Brasil se solidarizam com os familiares.

Além da ação policial e judiciária para captura e punição dos responsáveis, é preciso que se tomem medidas preventivas tanto pelas empresas de comunicação quanto pelas forças de segurança do país para dar um basta nessa situação. Nesse sentido, a Fenaj vem propondo a instituição de um protocolo de segurança que permita as condições necessárias para o exercício do Jornalismo e para a garantia das liberdades de expressão e de imprensa no Brasil.

Fonte :Jornal de Brasília

Sem Comentários

Deixe uma Resposta

*

*